É oficial

Relatório do Tesouro diz o seguinte:

“Os dados confirmam a dificuldade que os entes subnacionais vivenciam. Nesse sentido, a busca pelo equilíbrio fiscal não é primazia da União.”

E mais:

“O boletim aponta para a necessidade de consolidação fiscal por meio de ajustes estruturais, em todos os níveis federativos, de sorte a permitir que o Brasil reinicie um ciclo virtuoso de crescimento.”

É oficial: o Rio de hoje é o Brasil de hoje.

Faça o primeiro comentário