Embraer enfrenta nova ação nos EUA

A Embraer é alvo de nova ação coletiva nos EUA. Liderada pelo investidor Manidhar Kukkadapu e a cargo do escritório Pomerantz, a ação representa investidores que afirmam ter sofrido prejuízo com as ADRs (certificados de ações da empresa negociados em Nova York) da companhia, após as denúncias de que ela estaria envolvida em um caso de corrupção na venda de aeronaves militares para a República Dominicana.

As “campeãs nacionais” vão se esvaindo.

Faça o primeiro comentário