Fim da pensão integral por morte

Na reforma da Previdência, o governo vai propor corte nas pensões por morte para 50% a 60% do vencimento integral do cônjuge, informa o Valor.

Esse é um dos pontos que a equipe de Michel Temer pretende discutir com sindicalistas.

Faça o primeiro comentário