Fitch puxa a orelha do Pão de Açúcar

A Fitch cortou a nota do Pão de Açúcar, sob o argumento de que tudo piorou no grupo de varejo nos últimos 12 meses. A agência de risco apontou que a venda de alimentos resistiu menos à crise do que se supunha.

Ao mesmo tempo, a operação de eletroeletrônicos (Casas Bahia e Ponto Frio) “mostrou-se significativamente mais frágil” em relação àquilo que a Fitch imaginava.

Faça o primeiro comentário