Governo quer aliviar para o Galeão

O governo e a Changi Airports, operadora aeroportuária de Cingapura sócia do consórcio RIOgaleão, negociam uma saída para manter o contrato, informa O Globo.

O consórcio não tem condições para arcar com a outorga de R$ 3 bilhões prevista para este ano: assume que deve e diz que paga quando puder.