Mais campanha e jantares

Como antecipamos em setembro, o Estadão sustenta que assim que o governo enviar a reforma da Previdência para o Congresso — o que deve ocorrer ainda neste ano, embora a discussão fique para 2017 –, será iniciada uma campanha para conscientizar a população da importância de aprovar a proposta.

A reforma também exigirá mais jantares do que a PEC do Teto.

Faça o primeiro comentário