Meu nome é trabalho

Rodrigo Maia quer aprovar na Câmara, até o fim do ano, o projeto de lei que desobriga a Petrobras a participar com 30% de investimentos nos blocos do pré-sal e a PEC do teto dos gastos públicos. Ele ainda tem esperança de votar, pelo menos, o primeiro turno da reforma da Previdência.

Maia disse isso em uma coletiva de imprensa em São Paulo.

Faça o primeiro comentário