Flávio Rocha: “Não é hora de agradar a todos, Temer”

Recado de Flávio Rocha, dono da Riachuelo: se quiser, mesmo, consertar o país, Temer não pode querer agradar a todo mundo.

“Talvez o Temer tenha que abrir mão desse vício e fazer o enfrentamento das questões necessárias”, afirmou o empresário ao Valor.

Por “vício”, Rocha entende o hábito de Temer de viver “a vida toda à sombra da construção de consensos”.

Faça o primeiro comentário