O que passou, passou

O mercado ignorou solenemente os fracos números do Banco do Brasil no segundo trimestre. Suas ações são as que mais sobem na Bolsa, nesta quinta-feira, puxadas pelo otimismo dos investidores com as perspectivas da instituição.

A análise do BTG Pactual, por exemplo, ressalta que “a qualidade dos ganhos cresceu e indica melhor rentabilidade nos próximos trimestres (…) Tudo somado, nosso viés em relação aos resultados é majoritariamente positivo.”