OI: SILÊNCIO DE TEMER PODE CUSTAR R$ 7 BI

Como quem cala consente, os credores interpretam o silêncio de Temer como um sinal de que Tanure não está blefando. Se isso for verdade, os bancos públicos serão induzidos, direta ou indiretamente pelo presidente, a aprovar o plano de recuperação proposto pela Pharol e pelo empresário.

Isso significará forçá-los a assumir um prejuízo bilionário no episódio. Juntos, Banco do Brasil, Caixa e BNDES têm quase R$ 10 bilhões a receber da Oi.

Como o plano prevê um desconto de até 70% na dívida, os bancos poderão sair com apenas R$ 3 bilhões, sob o pretexto de salvar a operadora. “Será um escândalo, se os bancos públicos aceitarem isso no momento em que o governo prega o ajuste fiscal”, resume um credor.

Faça o primeiro comentário