Olho gordo

Investidores de peso se articulam para comprar a parte de Lia Maria Aguiar no Bradesco, segundo a coluna de Lauro Jardim n’O Globo.

Uma das filhas de Amador Aguiar, Lia teria cerca de 3,5% do banco e está brigada com alguns de seus sócios.