Paes, a Justiça e a Paralimpíada

Eduardo Paes corre o risco de ser acusado de cometer crimes como desobediência eleitoral e improbidade , caso repasse mesmo R$ 150 milhões da prefeitura do Rio ao comitê organizador da Paralimpíada.

O alerta é do juiz Marcello Rubioli, do TRE, que proibiu Paes de levar a ideia adiante, por meio de uma liminar.

A legislação eleitoral impede o repasse de verbas públicas em anos de eleição, a menos em casos de emergência, calamidade pública ou para programas que já estejam em andamento há pelo menos um ano. E, ainda assim, sob fiscalização do Ministério Público.

Faça o primeiro comentário