Daqui pra frente, tudo vai ser diferente…

Como explicar que a Bolsa tenha fechado esta quinta-feira no maior patamar desde setembro de 2014, se as empresas continuam soltando balanços fracos de segundo trimestre?

A disparada de 5,65% das ações do Banco do Brasil dá uma pista, já que elas estão entre as mais negociadas pelos investidores.

O banco prometeu melhorar as margens e reduzir os gastos com inadimplência no segundo semestre. Ou seja, cada vez mais, a música preferida do mercado é aquela do Roberto Carlos: “daqui pra frente, tudo vai ser diferente…”

Faça o primeiro comentário