Pensão por morte pode mudar

O governo incluirá na reforma da Previdência o endurecimento de regras para concessão da pensão por morte, que pode deixar de ser integral.

A ideia é adotar o percentual de 60% para o cônjuge, diz o Estadão.

Faça o primeiro comentário