Pente-fino exclui 469 mil do Bolsa Família

Após quatro meses de auditoria, o governo cancelou 469 mil contratos do Bolsa Família. Outros 654 mil foram bloqueados para maior apuração. O motivo é o mesmo para todos: famílias que declararam renda menor que a real, para contar com o benefício.

Outras 1,4 milhão de famílias serão convocadas para atualização do cadastro.

O ministério do Desenvolvimento Social estima que a revisão dos benefícios gere uma economia anual de R$ 2,4 bilhões.