Petista contestado

Os governos de São Paulo, Espírito Santo, Paraná e Pará contestaram a declaração do petista Wellington Dias, governador do Piauí, de que 20 estados já atrasaram pagamentos de servidores desde 2015 e outros sete correm o risco de enfrentar o mesmo problema, informa o Estadão.

Faça o primeiro comentário