Pode ser ou é?

Fábio Klein, especialistas em contas públicas, resume no Estadão a situação calamitosa no Rio de Janeiro:

“O Rio de hoje pode ser o Brasil de amanhã.”

O Antagonista ajustaria a análise de Klein: na verdade, o Rio de hoje é o Brasil de hoje.