Pré-sal: o que o PT, de fato, defendeu até o fim

O PT e seus companheiros azucrinaram a sessão da Câmara até o fim, acusando os deputados de entregarem a Petrobras e as riquezas nacionais para os estrangeiros. Falaram em dilapidação do patrimônio público.

Dilapidação foi o que ocorreu nos anos de lulopetismo, quando a dívida da empresa explodiu (vejam os quadros) e o faturamento praticamente estagnou. Entre outros motivos, por causa da camisa de força imposta à empresa: ser obrigada a participar de todos os projetos do pré-sal, em nome do “interesse nacional” que, hoje sabemos, atendia mesmo era aos interesses da escumalha.

O resto é chororô para os filminhos que exibirão no YouTube.

Faça o primeiro comentário