PwC e Wald Advogados querem R$ 317 mi para gerir a Oi

A auditoria PricewaterhouseCoopers (PwC) e o escritório Wald Advogados querem um total de R$ 317 milhões para administrar a recuperação judicial da Oi.

A proposta foi entregue à 7ª Vara Empresarial do Rio, onde o caso tramita. A PwC estima sua parte em R$ 214 milhões; já a Wald pede R$ 103 milhões.

A Oi ostenta o nada lisonjeiro título de maior caso de recuperação judicial da história brasileira, com umadívida de aproximadamente R$ 65 bilhões.

Faça o primeiro comentário