“Quem comprava está preso”

O mercado imobiliário em Brasília vai demorar mais do que os demais para se recuperar da crise.

“Quem comprava apartamento de dois milhões de reais ou casa de quatro milhões de reais está sem dinheiro ou preso”, resumiu a O Antagonista uma corretora de imóveis com anos de experiência no mercado local.

Ela não exagerou.