Só lama

O Ibama multou a Samarco em R$ 1 milhão por omitir a existência de um depósito temporário de lama no município mineiro de Barra Longa.

Segundo o órgão ambiental, a mineradora depositou 35 mil metros cúbicos de lama em um parque de exposições da cidade, que fica a 70 quilômetros de Mariana, atingida pelo rompimento de uma barragem da empresa em novembro do ano passado.

A Samarco é controlada pela Vale e pela BHP Billiton.

Faça o primeiro comentário