Surpresas negativas? Pergunta lá no Brasil

Desde setembro de 2014, o Brasil tem decepcionado mais do que empolgado os investidores. É o que mostra o Índice Surpresa, criado pelo Itaú com base em dados da Bloomberg. Ele compara as estimativas do mercado para determinados indicadores econômicos com os números realmente divulgados.

Valores positivos mostram que os resultados foram melhores que o esperado. Por tabela, os negativos indicam decepção. E o Brasil vem decepcionando bastante, como se vê. Já o Chile, também analisado pelo Itaú, está em vias de seguir pelo mesmo caminho.