Tá ruim, mas tá bom

A construção civil, uma das mais castigadas por dois anos de recessão, está menos pessimista. É o que mostra a sondagem do setor realizada pela CNI.

A expectativa de que a atividade melhore nos próximos meses subiu de 44,6 pontos para 46,1 pontos entre julho e agosto. Já a expectativa de lançamentos foi de 41,4 para 44,8 pontos. A escala vai de zero (pessimismo total) a 100 (otimismo total). Ou seja: tá ruim, mas tá bom.