Temer, nosso mascate na China

Eliseu Padilha não tem dúvidas: a China é nossa esperança de conseguir investimentos em infraestrutura. E já escalou seu chefe para a missão.

Segundo ele, Temer desembarcará na China para a reunião do G20, em setembro, com uma “mala de mascate” para mostrar aos chineses as nossas oportunidades.

Faça o primeiro comentário