Tração nas quatro rodas

A Anfavea não se intimida diante da queda acumulada de 22,3% nas vendas de veículos até outubro.

Seu presidente, Antonio Megale, acredita que novembro e dezembro serão “meses fortes”.

Já para 2017, as montadoras apostam em um crescimento acima de 5%.