Trump e os bancos (2)

Para os analistas americanos, o setor bancário pode viver uma nova era dourada no governo Trump, devido à confluência de dois fatores:

– A disposição do presidente eleito em desregulamentar o setor, por meio da revisão da lei Dodd-Frank;

– A tendência de uma curva maior de juros, já que a política fiscal expansionista de Trump pressionará a inflação e, por tabela, a induzir o Fed a manter juros mais elevados, o que pode melhorar também as margens dos bancos.