Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PF pediu busca na casa de governador do Pará, mas Justiça Eleitoral negou

PF pediu busca na casa de governador do Pará, mas Justiça Eleitoral negou
Helder Barbalho

A Polícia Federal chegou a pedir busca e apreensão na casa do governador do Pará, Helder Barbalho, mas a Justiça Eleitoral negou. O argumento da 1ª Vara da Justiça Eleitoral em Belém foi de que a PF não apresentou elementos concretos de materialidade contra o emedebista.

A PF investiga na Operação Fora da Caixa um suposto caixa 2 da Odebrecht para a campanha que elegeu Helder Barbalho, do MDB, governador em 2014. Segundo investigadores, o ex-senador Luiz Otávio Campos teria feito a intermediação do pagamento de R$ 1,5 milhão. Luiz Otávio foi alvo de prisão temporária.  A PF também prendeu, em Palmas (TO), o empresário Alvaro da Rin, suspeito de participação no esquema.

Luiz Otávio é apontado como responsável por arrecadar os recursos junto aos empresários do consórcio de Belo Monte

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO