Confira as principais reportagens da edição 149 da revista Crusoé

O Ronaldinho de Bolsonaro

O furo de reportagem de O Antagonista sobre a mansão comprada por Flávio Bolsonaro em Brasília é dissecado na edição desta semana da Crusoé. A revista mostra como a vida financeira do filho 01 do presidente Jair Bolsonaro é tão nebulosa quanto a de Lulinha, o primogênito do ex-presidente Lula. Ambos são os “Ronaldinhos” de um e de outro. Verdadeiros fenômenos que só a política brasileira é capaz de produzir.

Leia um trecho da reportagem:

Quando os aportes milionários da Telemar na empresa de jogos e entretenimento de seu primogênito ganharam o noticiário, em 2006, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva debochou daqueles que questionavam o interesse da gigante de telefonia na sociedade com Fábio Luís, o Lulinha. “Que culpa eu tenho se meu filho é o Ronaldinho dos negócios?”, disse na ocasião, referindo-se ao jogador de futebol. Talvez a retórica antipetista iniba Jair Bolsonaro de repetir agora o mesmo argumento, mas a compra de uma mansão por quase 6 milhões de reais pelo senador Flávio Bolsonaro, revelada nesta semana pelo Antagonista, fez ressurgirem as suspeitas sobre o enriquecimento do filho 01 do atual presidente. Assim como Lulinha, Flávio é acusado de usar seus próprios negócios – no caso, transações imobiliárias – para lavar dinheiro proveniente de malfeitos. Uma tese que se for comprovada mostrará que a sua evolução patrimonial é fruto também de um outro tipo de “fenômeno”, típico de quem cresce sob a sombra do poder.

A mansão no Lago Sul, bairro nobre de Brasília, é o ápice de uma escalada nebulosa de Flávio no setor imobiliário. Com mais de mil metros quadrados de área construída, quatro suítes amplas – uma delas com hidromassagem –, academia, brinquedoteca, piscina e spa com aquecimento solar, o imóvel de luxo foi a 21ª transação feita pelo senador desde que ele assumiu seu primeiro mandato como deputado estadual no Rio de Janeiro, em 2003, quando declarava ao fisco possuir apenas um Gol 1.0 no valor de 25,5 mil reais. São várias as suspeitas que pairam sobre a nova aquisição do filho 01 de Bolsonaro, feita logo depois de ele ser denunciado pelo Ministério Público fluminense pelo desvio de 6,1 milhões de reais da Assembleia Legislativa do Rio, no suposto esquema de apropriação de parte do salário de assessores de seu antigo gabinete, muitos deles fantasmas – a gerência do rachid era tarefa do notório Fabrício Queiroz. Segundo a denúncia dos promotores, o dinheiro arrecadado foi lavado na loja de chocolates da qual Flávio foi sócio por cinco anos e na compra e venda de apartamentos e salas comerciais no Rio.

Noronhe-se

A história de João Otávio de Noronha, o ministro do STJ que caiu nas graças de Jair Bolsonaro, é um guia prático de como ser amigo do poder.

Inferno à brasileira

O recrudescimento da pandemia e o iminente colapso no sistema de saúde do país mostram que os nossos governantes pouco ou nada aprenderam ao longo de um ano de sofrimento. Enquanto eles se engalfinham, brasileiros morrem em ritmo assustador.

Berlinda com data marcada

O Brasil quer dinheiro para proteger a floresta, mas não será fácil conseguir. O líquido e certo é que na COP26 o resto do mundo exigirá metas ambiciosas para reduzir emissões de carbono e ações concretas para conter o desmatamento.

O trabalho em tempos de Covid

O pesquisador britânico Marcus Buckingham estudou o desempenho das pessoas em seus empregos durante a quarentena e descobriu que elas se saem melhor diante das adversidades.

Por que ter acesso ao combo

O ANTAGONISTA+ e CRUSOÉ?

Embora tenham o mesmo DNA, O ANTAGONISTA+ e CRUSOÉ são publicações com características e personalidades bastante distintas.

Explicando melhor: as duas publicações são complementares.

Enquanto O ANTAGONISTA+ oferece uma cobertura eletrizante e em tempo real dos principais fatos da política, CRUSOÉ traz reportagens investigativas aprofundadas e artigos analíticos sobre o presente e o futuro do Brasil.

O ANTAGONISTA+ coloca VOCÊ na trincheira da cobertura política, no corpo a corpo com os poderosos.

CRUSOÉ leva VOCÊ para a ilha do jornalismo independente, que propicia o aprofundamento e a reflexão.

Em conjunto, eles podem fazer o que nenhuma outra publicação faz por você.

O acesso às duas publicações é uma oportunidade única de saber — em tempo real e em primeira mão — os movimentos nos bastidores da política brasileira e, adicionalmente, entendê-los em profundidade, antever seus desdobramentos para o país e até as consequências para a sua vida.

Mais: nenhuma das publicações veicula anúncios de órgãos públicos de qualquer Poder (Executivo, Legislativo e Judiciário) e esfera (federal, estadual ou municipal), tampouco de empresas estatais ou companhias privadas enroladas em escândalos de corrupção.

Recusamos integralmente qualquer recurso proveniente dessas fontes.

O princípio é: o jornalismo independente não pode ter vínculos comerciais com autoridades e instituições que ele, o jornalismo independente, deve fiscalizar

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo

1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE

A Coluna Exclusiva de Sergio Moro

Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe

Newsletters Exclusivas