Confira as principais reportagens da edição 150 da revista Crusoé

Capa

Ele acha que pode apagar a história

Beneficiado por uma espantosa decisão do STF, Lula volta ao jogo político posando de inocente, como se os desvios bilionários do petrolão nunca tivessem existido. Entenda o que vem pela frente

Leia um trecho da reportagem:

Tão logo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a carceragem da Polícia Federal em Curitiba, em novembro de 2019, depois de 580 dias preso, dirigentes do PT trocaram a bandeira do “Lula livre” pela campanha “Lula inocente”, com o objetivo explícito de lançá-lo à Presidência da República em 2022. Àquela altura, o sonho petista se via nas mãos de um Supremo Tribunal Federal que ainda tinha certo pudor em minar o combate à corrupção no Brasil. Nesta semana, em uma reviravolta meteórica, a corte deu a Lula as armas que ele tanto queria. Na segunda-feira, 8, o ministro Edson Fachin surpreendeu o mundo político e jurídico ao anular todas as condenações do ex-presidente na Lava Jato, tirando o petista do rol de fichas sujas e devolvendo a ele a chance de voltar a se candidatar. A decisão, extemporânea e estranha, acelerou o movimento que Gilmar Mendes preparava havia dois anos para atingir Sergio Moro, o maior algoz do ex-presidente. Na esteira de Fachin, Gilmar desengavetou o julgamento da suspeição do ex-juiz e carregou seu voto em favor de Lula com uma seleção de mensagens roubadas da força-tarefa do Paraná para atacar os procuradores e desqualificar o magistrado que condenou o petista. Não tardou para que Lula explorasse os fatos com a narrativa que lhe convém. Em um longo discurso na quinta-feira, 10, no qual se portou como rival do presidente Jair Bolsonaro na eleição do ano que vem, o petista se disse

Capa

Compra-se um partido

Por que Jair Bolsonaro quer um partido para chamar de seu – e como está a corrida entre várias legendas nanicas para recebê-lo

Capa

Fazemos qualquer negócio

As estreitas relações da família que vendeu uma mansão para Flávio Bolsonaro com o mundo do poder

Capa

O grito paraguaio

O Brasil quer dinheiro para proteger a floresta, mas não será fácil conseguir. O líquido e certo é que na COP26 o resto do mundo exigirá metas ambiciosas para reduzir emissões de carbono e ações concretas para conter o desmatamento.

Por que ter acesso ao combo

O ANTAGONISTA+ e CRUSOÉ?

Embora tenham o mesmo DNA, O ANTAGONISTA+ e CRUSOÉ são publicações com características e personalidades bastante distintas.

Explicando melhor: as duas publicações são complementares.

Enquanto O ANTAGONISTA+ oferece uma cobertura eletrizante e em tempo real dos principais fatos da política, CRUSOÉ traz reportagens investigativas aprofundadas e artigos analíticos sobre o presente e o futuro do Brasil.

O ANTAGONISTA+ coloca VOCÊ na trincheira da cobertura política, no corpo a corpo com os poderosos.

CRUSOÉ leva VOCÊ para a ilha do jornalismo independente, que propicia o aprofundamento e a reflexão.

Em conjunto, eles podem fazer o que nenhuma outra publicação faz por você.

O acesso às duas publicações é uma oportunidade única de saber — em tempo real e em primeira mão — os movimentos nos bastidores da política brasileira e, adicionalmente, entendê-los em profundidade, antever seus desdobramentos para o país e até as consequências para a sua vida.

Mais: nenhuma das publicações veicula anúncios de órgãos públicos de qualquer Poder (Executivo, Legislativo e Judiciário) e esfera (federal, estadual ou municipal), tampouco de empresas estatais ou companhias privadas enroladas em escândalos de corrupção.

Recusamos integralmente qualquer recurso proveniente dessas fontes.

O princípio é: o jornalismo independente não pode ter vínculos comerciais com autoridades e instituições que ele, o jornalismo independente, deve fiscalizar

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo

1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE

A Coluna Exclusiva de Sergio Moro

Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe

Newsletters Exclusivas