Sergio Moro é colunista exclusivo da Crusoé. A cada duas semanas, a revista que não tem medo de fiscalizar TODOS os poderes traz um artigo do ex-juiz da Lava Jato que não teve medo de enfrentar TODOS os poderosos que ultrapassaram a linha vermelha do crime.

Na sua coluna mais recente, Sergio Moro diz qual deveria ser a medida número um do presidente a ser eleito em 2022.

Eis um trecho:
“As eleições presidenciais americanas e as eleições municipais brasileiras reacenderam a discussão sobre 2022.

Particularmente, reputo prematuro debater nomes e partidos no momento. 2020 ainda não acabou e virá um longo e difícil 2021, também repleto de incertezas, a principal delas quanto à disponibilização ou não da vacina contra o coronavírus.

Incertezas também rondam a capacidade do governo federal de realizar reformas modernizantes, o que parece ser essencial para a recuperação da economia. Refiro-me aqui às reformas administrativa e tributária, basicamente.

Também seriam importantes reformas para reforçar a prevenção e o combate à corrupção, mas estas são inviáveis no atual quadro político, já que os planos do presidente e de seus aliados, do Centrão, passam longe dessa temática.

Embora seja cedo discutir nomes e partidos, nada nos impede de transformar em rotina permanente o debate de projetos que possam agregar pessoas que acreditam na construção de um futuro melhor para o país.

Como cidadãos, temos o direito de sugerir propostas, tanto para o atual como para os governos futuros.

Um projeto fundamental consiste em reforçar a proteção de nossa democracia e das nossas liberdades frente às sempre possíveis ameaças autoritárias.

A ascensão de lideranças populistas no mundo inteiro, à esquerda e à direita, recomenda a adoção de medidas que preservem as nossas instituições democráticas.

Como medida número um, deveria ser extinta a reeleição para cargos no Executivo. Durante toda a República, convivemos bem sem a reeleição de presidentes.

Em 1997, por razões muito circunstanciais – permitir a reeleição do então presidente Fernando Henrique Cardoso – foi aprovada uma alteração na Constituição de 1988 com a introdução dessa possibilidade, até então estranha à nossa tradição republicana. Mais recentemente, o próprio ex-presidente, em artigo publicado no Estadão, admitiu tardiamente que a aprovação da emenda fora um erro.”

Você pode ler a íntegra do artigo de Sergio Moro AQUI.

Por que ter acesso ao combo

O ANTAGONISTA+ e CRUSOÉ?

Embora tenham o mesmo DNA, O ANTAGONISTA+ e CRUSOÉ são publicações com características e personalidades bastante distintas.

Explicando melhor: as duas publicações são complementares.

Enquanto O ANTAGONISTA+ oferece uma cobertura eletrizante e em tempo real dos principais fatos da política, CRUSOÉ traz reportagens investigativas aprofundadas e artigos analíticos sobre o presente e o futuro do Brasil.

O ANTAGONISTA+ coloca VOCÊ na trincheira da cobertura política, no corpo a corpo com os poderosos.

CRUSOÉ leva VOCÊ para a ilha do jornalismo independente, que propicia o aprofundamento e a reflexão.

Em conjunto, eles podem fazer o que nenhuma outra publicação faz por você.

O acesso às duas publicações é uma oportunidade única de saber — em tempo real e em primeira mão — os movimentos nos bastidores da política brasileira e, adicionalmente, entendê-los em profundidade, antever seus desdobramentos para o país e até as consequências para a sua vida.

Mais: nenhuma das publicações veicula anúncios de órgãos públicos de qualquer Poder (Executivo, Legislativo e Judiciário) e esfera (federal, estadual ou municipal), tampouco de empresas estatais ou companhias privadas enroladas em escândalos de corrupção.

Recusamos integralmente qualquer recurso proveniente dessas fontes.

O princípio é: o jornalismo independente não pode ter vínculos comerciais com autoridades e instituições que ele, o jornalismo independente, deve fiscalizar

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo

1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE

A Coluna Exclusiva de Sergio Moro

Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe

Newsletters Exclusivas