ACESSE

8 x 1 - Marco Aurélio vota a favor do dossiê sobre antifascistas

Telegram

O ministro Marco Aurélio votou hoje a favor do dossiê do Ministério da Justiça sobre servidores e policiais antifascistas. Foi o único a divergir da relatora, ministra Cármen Lúcia, e rejeitar o pedido feito pela Rede em ação no STF.

De acordo com o Marco Aurélio, esse assunto não deveria ser decidido pelo Judiciário, porque é político. “Em um Estado democrático de direito, o centro político é o parlamento”, disse.

“Mais uma vez digladiam-se partido de esquerda, da oposição, e governo, sabidamente de direita. Indago a mim mesmo, e respondo a esta indagação: isso é bom para a democracia, para o fortalecimento do estado democrático de direito? A resposta é desenganadamente negativa, não se avança culturalmente dessa forma”, concluiu o ministro.

Ele ficou contra os demais oito ministros que votaram contra a produção do dossiê: Cármen, Alexandre de Moraes, Luiz Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

Leia mais: CENSURA À IMPRENSA: O EXEMPLO QUE VEM DO SUPREMO

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários