A realidade deve ser paulishta

Leiam essa notícia da Folha:

“A falta de segurança nas vias de acesso ao sambódromo no centro do Rio resultou em uma experiência traumática para muitos foliões na noite de domingo (7) e na madrugada desta segunda (8).

Houve uma série de assaltos tanto na chegada dos foliões na área de concentração quanto na saída do setor de dispersão dos desfiles.

A maior incidência de roubos ocorreu ao longo da avenida Presidente Vargas, por onde chegavam as pessoas que iram desfilar nas escolas.”

É impressionante como a realidade gosta de desmentir Eduardo Paes.

A realidade deve ser paulishta.

Faça o primeiro comentário