A UnB parou

A Universidade de Brasília vive a pior crise financeira — não só — de sua história.

Hoje, com a benção da reitora petista Márcia Abrahão, estudantes, professores e trabalhadores terceirizados pararam a universidade para um protesto.

A turma do DCE, inclusive, trancou alguns acessos à instituição:

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 126 comentários
  1. Poxa! E agora? Onde serão realizadas as aulas pró-comunismo? Logo logo o diretório do PT, PSOL, PCdoB… no DF cede um espaço. Poderiam até batizar uma sala, quem sabe sala “Che”, para discussão de temas como a democracia petista.

  2. Mendonça Filho, ministro do MEC, está esperando o quê para colocar educador/administrador na Universidade de Brasília? Já viram comunista administrar bem alguma coisa? Estão com saudade da União Soviética? Não lembram que faliu de podre?

  3. É a privatização do patrimônio público, o que o PT fez com a Petrobras. Perguntinha básica: os professores e funcionários vão devolver o dinheiro dos dias parados para o Governo Federal? Ah é… foi mal… moralidade só vale pros outros…

  4. Pelo menos para isto a esquerda serve, para destruir as universidades. Tomara que acabem com todas as universidades publicas, e que se ponha fim ao financiamento estudantil. Publico deve permanecer apenas as instituições tectológicas de ensino militar e alguns centros de excelência.

  5. Diretório Nacional do PT
    Sede Nacional do PT em São Paulo
    Rua Silveira Martins, 132
    São Paulo – SP
    CEP: 01019-000
    Fone: Geral (11) 3243 – 1301
    Liguem pro PT e perguntem o porque?

  6. Senhor, fazei de mim
    um instrumento da corrupção
    e do golpe a Constituição.
    Onde tiver gorjeta,
    que eu encha a maleta.
    Que seja minha sina
    receber propina.
    E se houver mutreta que eu mame na teta.
    Mídia?…
    Imprensa?…
    Tudo é perfídia!
    Quero é minha recompensa!
    Não sou peixe-lobo,
    Sou sim um apedeuta.
    Odeio a Rede-Globo.
    Sem opinião de jornalista traíra,
    são todos PiG golpistas.
    Do PCdoB amo a Jandira,
    Na cultura o Ipojuca
    Amo e divulgo,
    Tudo que é porralouca
    Depois da meia-noite urubu vira frango,
    semeio tudo que é barango.
    Vem na minha companheiro!
    Só não faz pergunta difícil.
    Não sou artilheiro,
    sou como mulher fácil.
    Mas adoro mesmo é dinheiro.
    Amém.
    A-mééém!
    *
    {reza.}.

  7. As universidades públicas estão totalmente arrasadas com
    o domínio da extrema esquerda em todas elas, ninguém quer
    trabalhar, nem professores nem funcionários, que apoiados pelos extremistas
    e seus Reitores permitem que não se cumpra o horário de trabalho e muitas
    outras mazelas, quase sempre com o apoio dos alunos bobalhões.

  8. A UNB desde que nasceu, fora o período do governo militar, desde Darci Ribeiro, foi chocadeira de militantes esquerdistas. Destaque-se o desempenho e grande influência do petista Christovam Buarque na reitoria, tão aclamado que virou governador do DF onde fez o que todo petista faz: ‘reformas sociais’ que detonam as estruturas já firmadas para levar ao nada. No entanto, há que se louvar os professores que resistem e conseguem formar bons profissionais imunes à epidemia ideológica. Parece impossível, mas eles existem sim, só que numa proporção que mal se percebe. Eles não são barulhentos como os pavões da cúpula; eles trabalham e ensinam, principalmente na área de exatas.

  9. Gestões petistas são desastrosas e isto não é novidade nem para mim, tampouco para os brasileiros aversos à política do atraso. As universidades e institutos federais estão sucateados, e se isto fora a vitrine de Lula e Dilma para angariar votos, o populismo tem pernas tortas. A ideologia fantasmagórica da esquerda não tem deixado pedra sobre pedra. Muita corrupção assola as universidades e reitores vem sendo alvo constante do Ministério Público e da Polícia Federal. O PT de viés patrimonialista age como se fosse proprietário absoluto dos ditos educandários e tudo porque forçosamente tentam implantar uma doutrina socialista em que a liberdade confunde-se com traquinagem. PT é isto!… Degradação, malversação do dinheiro público, ironia e deboche. E a Justiça finge que não vê. Trágico!

  10. A decadência da sonhada UnB por Darcy Ribeiro começou depois da saída do reitor José Carlos Azevedo. Ali, na década de 1980, a esquerda volver iniciava sua caminhada.
    Com a ascensão de Cristovam Buarque, o processo se acentuou.
    E acabou com a eleição dos últimos reitores petistas, sendo que um deles, pasmem, do MST.
    O que era um modelo, foi água abaixo.
    O ápice veio agora com a nova reitora, petista de carteirinha que, hoje, deve estar em Curitiba protestando junto com “cumpanheiros” pela prisão de Lula.
    Corre uma piada de que na UnB, quando os professores não estão em greve, nem os alunos, ou os servidores, é dia de provas.
    Enfim, a verba milionária do orçamento de bilhões anuais serve, agora, para criar disciplinas, como por exemplo a contra o golpe do impeachment de Dilma.
    Cruel.

  11. Cortando os desvios de estatais, cortaram-se as instituições de doutrinamento marxista brasileiras… É uma pena, não a crise de tais academias marxistas, mas a inexistência de academias brasileiras que pudessem ter proporcionado um resultado mais digno ante o pensamento, tecnologia, e desenvolvimento da nação. Continuamos amargando baixíssimos índices nesta area, estamos mantendo o mimimi histórico do nosso subdesenvolvimento.

  12. A solução das Universidades Federais é simples. Quem estiver lá a estudar e tenha condições de pagar, que pague. Não é com cota que se distribui educação, é com mais recursos para mais vagas.
    Lembro-me do estacionamento da UFMG nos idos da década de 90, lotado de carros importados de filho de ricos que estudavam de graça.

  13. E para provar que a esquerda bolivariana liderada pelo PT, realmente não sabe como administrar nada, a UNB está quase falida!!
    E ainda gastam dinheiro e tempo doutrinando os estudantes com o curso sobre o suposto “Golpe de 2016”, fecha logo esse ninho de comunistas, wowwww!!!

  14. PMDB, PSDB e PT, os principais partidos da esquerda, acabaram com o legado do Governo Militar. O que precisamos fazer é destruir tudo o que a esquerda deturpou nessas últimas décadas, a começar por esses centros de doutrinação marxista.

  15. Que se dane. Hoje em dia universidades federais não passam de madraçais esquerdistas. Deveriam ser todas fechadas, só servem para consumir verbas que seriam melhor utilizadas nas escolas primárias, secundárias e técnicas.

  16. Quando são os “Zé Ninguém” que esperam benesses do paim Lula, vá lá. São, apesar de tudo, vítimas e massa de manobra. Mas o que nos admira é quando são os ditos “acadêmicos”. Os reitores. Os professores. Vejam a própria USP, onde o dim dim está acabando. Acham que dinheiro nasce como capim após a chuva. Tudo bem que são sempre “os pensantes” ligados à ciências sociais. Nunca, por exemplo, engenheiros.

  17. Super produtivo ……..criará as mentes mais brilhantes do Brasil se não do mundo em matemática , sciencias , robótica , informática e varias outras áreas do futuro … batera até os ranks de inteligência dos EUA e da Europa … gerara empregos e acabará com a pobreza do País … orgulho dos pais e gerações passadas …….NO ENTANTO … nas mãos do PT parece mais um cemitério … um peso nas costas da sociedade sofrida que agora não quer mais nada do que se livrar de vez de parasitas ideológicos .

  18. Continuo a afirmar: Essa universidade em particular, sempre foi preponderantemente de esquerda desde sua fundação. É óbvio que possa ter tido algum professor ou funcionário que não rezassem pela cartilha vermelha, mas sempre foram minoria e devem ter sofrido muita perseguição.

  19. Tudo que a administração petista tocou – no geral em termos educacionais neste particular – ou virou uma UNB ou, se ainda funcionada, só produz mediocridade, ignorância, mau-gosto e radicalismo socialista juvenil.

  20. Fecha logo esta porcaria, quem sabe os estudantes de verdade acabam fazendo um movimento para colocar a universidade em pé ajudando na escolha de pessoas competentes e sem rabo preso com a justiça, e que não defendam criminosos condenados.

  21. A UnB tem a mesma utilidade que a Universidade de Economia de Havana em Cuba, ou seja, não serve pra nada a não ser para idiotizar jovens candidatos à idiotas úteis.

  22. É incrível a capacidade que os petistas têm de destruir as coisas das quais se apoderam. Destruíram várias estatais (principalmente a Petrobras), fundos de pensão e universidades (como a UNB). Destruíram, acima de tudo, o Brasil. Os principais legados dos governos Lula e Dilma foram a maior recessão econômica de nossa história e a corrupção generalizada e institucionalizada.

  23. III – ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou empregado estiver licenciado;
    CADÊ O PODER PÚBLICO???

  24. “Art. 73. São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais:
    I – ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos territórios e dos municípios, ressalvada a realização de convenção partidária; ”
    CADÊ O PODER PÚBLICO???

  25. Tive a oportunidade de conhecer a UNB nos anos 1980.
    Completamente diferente.
    A culpa é não só da atual adiministração, como de uma sucessão de administrações petistas desde que Lula foi eleito.
    O problema foi gestado ao longo da última década e meia, sob a influência do partido e domínio da pelegada sindicalista com apoio dos militantes vagabundos travestidos de estudantes profissionais – daqueles que levam 15 anos para se formar em Letras.
    O resultado triste está aí.
    Ou a UNB muda de ares, acabando com o aparelhamento, demitindo a pelegada, jubilando a vagabundagem e instaurando um programa austero com redução drástica de seu tamanho ou virará um esqueleto abandonado.

  26. O FATO CONCRETO É QUE:
    =
    VÃO, TODOS(AS),
    CONTINUAR NA “COÇAÇÃO” REMUNERADA
    POR MAIS UM DIA…
    ===
    …É O HÁBITO do ESCORPIÃO !!!
    =
    DOBRAR A APOSTA !!!
    ===
    NINGUÉM VAI DAR FALTA:
    Só o “PT” & as “ESQUERDAS”, do ATIVISMO SÓCIOPATA ‘FAXISTA-MARXISTA’ !!!
    =
    MAS,
    DESSES(AS) ELEMENTOS REACIONÁRIOS(AS) e CHAUVINISTAS,
    o BRASIL ESTÁ
    CHEIO de FASTIO…
    …e SE DESVENCILHANDO…
    ======
    ======

  27. E aí, pessoal! Vamos privatizar essa joça ou não vamos? Botem esses esquerdistas vagabundos para trabalhar!
    .
    Esse espação aí daria uma bela galeria de lojas, uma praça de alimentação e quem sabe um parque para crianças. Agora, pelo amor de Deus, derrubem essas paredes horríveis e refaçam tudo que essa arquitetura brutalista está digna de uma Coreia do Norte. Haja mal gosto, meu Deus!

  28. Como sempre acontece, umas poucas dezenas de militontos simplesmente fecham a universidade e impedem o algumas dezenas de milhares de pessoas de trabalhar e estudar. Esse país não tem a menor chance de dar certo.

  29. Sou professora aposentada de universidade Federal, meus filhos são professores e pesquisadores universitários na ativa. Não sou petista e muito atuei em diálogos consistentes sobre o ódio da esquerdopatia universitaria. Vejo a mesma conduta em meus filhos e nos colegas que encontro em suas casas. Equilibrados, cultos, sao a gente que , com diálogo, faz a diferença. Então, chega desta simplificação burra. Imagina o que seriam as universidades se ali não houvesse os corajosos, que, eles sim, criam ciência e reflexão neste pobre país. E, saibam, tem multidão de jovens antipetistas. E agradeçam aos professores que lhes dão suporte antes de arrastarem com tudo em falas superficiais.

    1. Que bom que apareceu uma professora bem melhor que a sumida (finada? Acampada em Curitiba?) judith lemos. Mas não dá pra achar que a aversão ao lullopetralhismo é injustificada.

    2. Estou professor de universidade federal. A coisa é MUIIIIIITO pior do que qualquer um que não esteja dentro (e tenha cérebro saudável, é claro) pode sequer imaginar.

    3. Antes que digam que aqui no Antagonista se torce para que universidades sejam fechadas . . . a responsabilidade pela debacle da UNB é exclusiva da incompetência administrativa na mão de petistas, sindicalistas e vagabundos militantes travestidos de estudantes profissionais, que levam 15 anos para formar-se em Letras.

    4. Ou a UNB muda de ares, acabando com o aparelhamento, demitindo a pelegada, jubilando a vagabundagem e instaurando um programa austero com redução drástica de seu tamanho ou virará um esqueleto abandonado.

    5. Tá bom, Luiza. Agora você produz o que mesmo? Ah, esqueci. NADA! Como 99% desses professores universitários. No mínimo, ganha uma gorda aposentadoria e vive no luxo sem ter produzido porcaria nenhuma de útil na vida. Poupe-me dessa conversinha demagoga.

  30. Antes que algum imbecil diga que aqui no Antagonista se torce para que universidades sejam fechadas . . . a responsabilidade pela debacle da UNB é exclusiva da incompetência administrativa na mão de petistas, sindicalistas e vagabundos militantes travestidos de estudantes profissionais, que levam 15 anos para formar-se em Letras.

  31. Foi uma praga dar o direito de escolha do Reitor a cambada de funcionários, professores e por último aos estudantes folgados que sempre são aqueles piores. Afinal, você acha que algum estudante que preste, vai perder seu tempo com campanha de Reitor? E depois, o resultado é sempre esquerdopatas nas universidades e cursos de GORPI. Sem falar em sua burrice, incompetência, populismo e corrupção.

  32. A ocupação gramsciana petista foi longe demais. As universidades, públicas e privadas estão repletas de esquerdistas militontos sempre com a missão de desinformar o estudante e impedir o conhecimento da realidade dos fatos. Sinto muito pela UNB. Entretanto a conta do comunismo chega para todos.

  33. Estudei na Unb ha 30 anos. Hoje meus filhos estudam lá. A escola cresceu demais, construiu prédios demais, criou muitos cursos, varios desnecessários e sem mercado de trabalho. Criou predios ( campus avancado) por outros locais no DF. Há prédios cujas salas são pouco usadas, vivem as moscas. Nao foi culpa da atual reitora, mas de um projeto de expansão megalomaníaco e sem $$$$ para a manutenção. Agora não tem dinheiro para manter a atual estrutura grande demais. Não entendo bem do assunto, mas será que o MEC autorizou tudo isso ou a UNB é autônoma para executat todos os projetos megalomaníaco e depois cobrar a conta da sociedade?

    1. Tive a oportunidade de conhecer a UNB nos anos 1980. Completamente diferente. Mas discordo respeitosamente quando afirma que a culpa não é da atual administração. É sim, não só da atual como de uma sucessão de administrações petistas desde que Lula foi eleito. O problema foi gestado ao longo da última década e meia, sob a influência do partido e domínio da pelegada sindicalista com apoio dos militantes vagabundos travestidos de estudantes profissionais – daqueles que levam 15 anos para se formar em Letras. O resultado triste está aí. Ou a UNB muda de ares, acabando com o aparelhamento, demitindo a pelegada, jubilando a vagabundagem e instaurando um programa austero com redução drástica de seu tamanho ou virará um esqueleto abandonado.

    2. Certamente não só foi autorizado, mas fomentado na era PT.
      Tem até universidade federal para estrangeiros, na tríplice fronteira, vizinha de onde age uma guerrilha paraguaia. Grande parte dos professores e alunos vem de países da América Latina, hoje sob os suplícios de ideólogos marxistas.

  34. Pelo jeito não produziu conhecimento nem tecnologia que a sustentasse, mas um monte de revolucionários que a destruíram, como é sempre o fim de tudo o que é ligado ao Marxismo.
    É inevitável, o fim é sempre o mesmo sempre, é só uma questão de tempo.

  35. A Unb, assim como outras universidades públicas, serve ao interesse corporativo e custa mais ao Estado do que pagar universidade pública a cada aluno que lá está. Precisam fechar esse lugar e já. Vá fazer uma visita. Há professor lá que nunca aparece, mas o salário aparece na conta dele todo mês. É vergonhoso!

  36. Acabou a mortadela . . . microcosmo da incompetência petista/comunista:
    – nunca teve uma idéia original que prestasse
    – que aparelham e, tal qual cupins, apodrecem qualquer estrutura
    – que não sabe administrar nada na adversidade
    Maggie Tatcher, mais atual que nunca: O SOCIALISMO DURA ATÉ ACABAR O DINHEIRO DOS OUTROS . . . tchan, tchan, tchan, tchan . . . ACABOU!!!!

  37. Importante lembrar também que o companheiro Agnelo quebrou o DF.
    Quando saiu do governo foi fazer cursinho de inglês em Miami.
    É um cara de pau mesmo.
    Aliás, cadê este verme?

  38. Ninguém vai perder nada com a universidade ‘parada’ por motivos frívolos, somente o contribuinte que paga e mantem a instituição, isso pq infelizmente, nas universidades públicas hoje, os alunos fingem que aprendem e os professores – preocupados somente com suas pesquisas – fingem que ensinam.
    Se a UnB fechar será um gasto a menos, um alívio para os cofres público!

  39. Não se deve comemorar o fechamento de uma entidade para fins de educação e pesquisa universitárias, porém para um ninho de ratos comunistas – que já começou mal com seu idealizador, o comunista Darcy Ribeiro, por sinal meu conterrâneo, infelizmente – deve-se, sim, comemorar, e muito!!!

  40. Tem que tirar todos os petistas das federais e inclusive rever a necessidade e serviço prestado pelos Institutos Federais que também estão contaminados por comunistas que conseguiram emprego fácil como professor.

  41. Administração incompetente!
    Vem desde o reitor do direito achado na rua!!!’
    Comunista não sabe gerir nem seus próprios gastos, pois gosta de boquinhas.
    Administração que é bom, nem pensar