Acre decreta estado de emergência por queimadas

O governador do Acre, Gladson Cameli, do PP, decretou estado de emergência em razão dos focos de queimadas no estado, registra a Folha.

O decreto vale por 180 dias e, entre outros itens, autoriza agentes a entrarem em casas sem ordem judicial para evacuar imóveis em caso de risco.

O governo ainda fala em risco de faltar água na capital, Rio Branco, e em 14 cidades do interior. Em maio, Cameli defendeu que produtores rurais não pagassem multas ambientais.

Comentários

  • Angela2 -

    Não tem nada não!!! O exército vai cuidar de tudo aí, falou????

  • Junio -

    Estado sem vergonha esse Acre.

  • manoel -

    Isso é para receber grana

Ler 25 comentários