ACESSE

Americano deixa de ser cardeal e padre por abuso sexual

Telegram

O americano Theodore McCarrick, de 88 anos, ex-arcebispo emérito de  Washington, deixou de ser cardeal, por decisão do papa Francisco. Ele já havia renuciado ao chapéu cardinalício, mas o processo continuou a correr no Vaticano.

McCarrick foi julgado culpado de abuso sexual de pelo menos um adolescente, há mais de meio século.

Ele deixou de ser cardeal e agora também padre com direito a exercer o sacerdócio. Inédito na história da Igreja moderna.

'Ou o estado brasileiro enfrenta o crime organizado ou vira um estado criminoso.' Entenda clicando AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 37 comentários