ACESSE

Arcebispo de Brasília aconselha que fiéis evitem 'abraço da paz' em razão do coronavírus

Telegram

Na última sexta-feira, o arcebispo de Brasília, cardeal dom Sérgio da Rocha, divulgou um comunicado a todo o clero da capital federal com orientações em razão do novo coronavírus.

“É preciso cautela para não causar pânico na população, sendo prudente em relação às notícias e informações divulgadas, principalmente nas redes sociais”, diz o texto ao qual O Antagonista teve acesso.

O cardeal acrescentou que, “seguindo a postura pastoral adotada em algumas Dioceses do Brasil”, é aconselhável evitar o “abraço da paz” — momento da missa em que os fiéis se cumprimentam, geralmente com apertos de mão — e a entrega da hóstia diretamente na boca.

“Se houver agravamento da situação, esta medida poderá se tornar obrigatória na Arquidiocese de Brasília, devendo ser oportunamente comunicada a todos”, afirmou também o arcebispo.

Leia também: O que o governo ganha (ou perde) com os arroubos de Bolsonaro.

Comentários

  • Rary -

    Enquanto isso no Irã os religiosos estão falando que não há problema, e os fiéis estão lambendo as portas das mesquitas.

  • Maria -

    O comunicado está certissimo

  • José -

    Heresia!!! Jesus pregou: amai-vos uns aos outros e não recusou o beijo de Judas. Depois que o papa perdoou o mau ladrão que atende pela alcunha de Lula a igreja católica entrou em parafuso!!

Ler 20 comentários