Até colunista social agora ataca Crivella

Até colunista social está atacando Marcelo Crivella, porque o prefeito do Rio decidiu tirar uma “folguinha” no carnaval.

“É como se o papa enforcasse o Natal”, escreveu o rapaz no Globo.

O colunismo social é a doença infantil do jornalismo.

Comentários

  • Souza -

    Apesar de a Igreja Universal ser considerada "evangélica" por muitos, ela não se enquadra no ethos evangélico ou bíblico, com suas práticas sincretistas ( isto não é uma crítica, só uma constatação). Sendo assim, Crivella não deveria menosprezar o evento. Um banho de sal grosso iria tirar todo o "mal" que ficasse entranhado...

  • José -

    Não vejo razão nenhuma para essa crítica tão desenfreada contra o prefeito do Rio, só porque ele viajou no carnaval. Achei, isto sim, suas justificativas para tal. Droga, que dissesse não gosto de carnaval e pronto. Como esse país tem político covarde, que tem medo da imprensa!

  • Roberto -

    A doença social é a rede Globo. Pode acreditar. Quer investigação infinita contra Temer, mas contra a CBF quer que termine logo. Quer fazer do carnaval o maior espetáculo de circo do povo, junto com o futebol e quer fazer do Rio de Janeiro o local onde a lei e a ordem nunca prevaleçam. Chamar o Tatuapé de COMUNIDADE do Tatuapé é ofender e desmerecer a população paulistana. O Tatuapé é um bairro tradicional. Ah, e os jornalistas da Globo querem o impeachment de Trump e Lula como presidente do Brasil, conforme gostaria Chico Pinheiro.

Ler 75 comentários