Carro fuzilado no Rio: Morre catador que tentou ajudar família

Telegram

Morreu o catador de material reciclado Luciano Macedo.

Ele estava internado no Hospital Carlos Chagas, no Rio de Janeiro.

Moraes foi atingido por tiros disparados por homens do Exército ao tentar ajudar a família que estava no carro fuzilado pelos militares em Guadalupe, zona oeste do Rio, 11 dias atrás.

Comentários

  • Almanakut -

    Sabem quantos morreram tentando ajudar famílias vítimas da criminalidade?

  • Thiago -

    Esse EXÉRCITO ASSASSINO é a tipica cara da incompetência estatal brasileira, nada público funciona aqui, exército não seria a exceção.

  • Wagner -

    É preciso verificar este post A impressão que dá é que faz parte do pacote Antas/STT

Ler 64 comentários