Defesa pede prisão domiciliar para Ronaldinho

Os advogados de Ronaldinho Gaúcho e de seu irmão Roberto de Assis pediram para que ambos sejam transferidos para prisão domiciliar.

Segundo o Globo Esporte.com, a defesa do ex-jogador disse que ele continuaria no Paraguai, mas fora do presídio no qual está detido.

A Justiça deve analisar o pedido e dar uma resposta em 48 horas. Os advogados terão de mostrar que Ronaldinho vai mesmo permanecer no país e que tem recursos para pagar eventuais multas.

Comentários

  • Ruy -

    Ele vai fugir. Não é confiável.

  • Marcia -

    será que lá tem bandidólatras como no Brasil???? Que falta faz um GM no paraguai

  • Varmint -

    Pensam que no Paraguai é o mesmo que na Momolândia.

Ler 4 comentários