Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Essa porcaria destrói sonhos e vidas precocemente”, diz funkeiro Buchecha sobre droga

O funkeiro Buchecha, que procura ostentar só o amor e não curte apologia às drogas e ao sexo desenfreado, escreveu no Twitter:

“Como eu vou incitar ou fazer apologia às drogas, se eu vejo e sei de relatos onde isso só destrói as pessoas?

Quantos artistas morreram de overdoses ou tiveram problemas de saúde por causa de uso de drogas?

Olha o caso da Demi Lovato aí.”

A cantora americana segue internada em decorrência de uma overdose.

“Olha a Whitney (Houston), a Britney Spears, e fora os artistas brasileiros não citados aqui por respeito aos familiares e fãs, mas não são poucos os casos em que essa porcaria destrói sonhos e vidas precocemente. Não posso endossar e entoar ecos de uso livre dessas malditas substâncias!”

Buchecha prosseguiu:

“Eu respeito todo mundo, sempre vou respeitar, mas jamais em sã consciência irei fazer pontes que se inclinam pra destruição de muitos jovens e adolescentes que são os ‘mais influenciáveis’. Não sou santo, nem tento ser, mas isso não, não mesmo.”

O funkeiro ainda mandou um recado final:

“Quem quiser seguir esses artistas que fazem apologias, ou que usam essas coisas, se eles vos enchem os olhos e te fazem bem, ok, sigam, faça como bem quiser, mas eu não quero esse mal pra mim, então também não quero o mal pros outros.

Boa sorte.”

Menos de dois meses atrás, Buchecha resumiu na TV Globo as opções de quem nasce na favela e lembrou o caminho que escolheu:

“Já fui caranguejeiro, catei ferro velho, fui servente de obra, camelô, de tudo um pouco. Na comunidade temos duas opções: o caminho do tráfico, do mal, ou arregaçar as mangas e ir trabalhar. Perdi muitos amigos no tráfico, mas nunca achei que aquilo fosse vida para mim.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO