ACESSE

Estudo aponta nova linhagem do vírus da zika circulando no Brasil

Telegram

Uma pesquisa da Fiocruz Bahia, publicada no início de junho, revelou que uma nova linhagem do vírus da zika está em circulação no Brasil, relata o Estadão.

O estudo detectou sequências genéticas de um tipo africano da doença, que até então não tinha circulado no país.
Larissa
Como desgraça pouca é bobagem, os pesquisadores afirmam que, por ser novo, o vírus tem potencial para gerar uma epidemia, já que a maior parte da população não tem os anticorpos específicos.

O novo tipo de zika foi identificado em duas regiões do Brasil: no Sul, especificamente no Rio Grande do Sul, e no Sudeste, no Rio.

Em nota à imprensa, Larissa Catharina Costa, uma das autoras do estudo, destacou a importância de continuar pesquisando sobre outras doenças em meio à pandemia da Covid-19: “Estudos genéticos devem continuar sendo realizados, a fim de evitar um novo surto da doença com o novo genótipo circulante”.

Leia mais: Ebook sobre Sergio Moro: saiba como ganhar o seu. Clique aqui

Comentários

  • Cirval -

    As primeiras das sete pragas já chegaram: 1ª) Bolsonaro como presidente; 2ª) Covid-19; 3ª) invasão dos gafanhotos e 4ª) zika modificada (africana?). Quem dá mais?

  • Sonia -

    Além de Bolsonaro ,da pandemia de COVID ,do centrão ,dos gafanhotos AGORA O VÍRUS DA ZIKA ? Pobre país

  • Vinicius -

    Covid 19, presidente inepto e corrupto e enxame de gafanhotos chegando. Agora novo zika. Esse ano é uma tragédia atrás de tragédia

Ler 25 comentários