ACESSE

Ex-auditor fiscal acusado de pertencer à 'máfia do ISS' é preso

Telegram

A Polícia Civil prendeu o ex-auditor fiscal da prefeitura de São Paulo José Rodrigo de Freitas, suspeito de participar do esquema que ficou conhecido como “máfia do ISS”, registra a Folha.

A 27ª Vara Criminal ordenou a prisão preventiva de Freitas após verificar que o acusado burlava decisões judiciais de bloqueio de bens. Segundo o promotor Roberto Bodini, a prisão foi pedida para que ele não pusesse em risco as investigações.

O ex-auditor fiscal é acusado de enriquecimento ilícito, por meio de um esquema no qual fiscais cobravam propina em troca de descontos na cobrança do ISS.

Segundo Bodini, com salário de cerca de R$ 21 mil por mês, Freitas acumulou um patrimônio comprovado superior a R$ 50 milhões.

 

Comentários

  • Tudo -

    A prefeitura de São Paulo paga bem em!!!e propinou 50 milhões, e pois tem juíz pasando a mão em cabeça de bandido, né Gilmar!!

  • Alexandre -

    Ele economiza muito.

  • José -

    Dizem que mentira tem perna curta e que ladrão, mais cedo ou mais tarde, é pego. Parece que só os mentirosos e ladrões é que não sabem disso. Se soubessem não continuariam a mentir e roubar.

Ler 7 comentários