Fantástico Mundo de Anitta

Dois dias depois do massacre no Charlie Hebdo, tuiteiros do mundo todo adotaram o hashtag #JeSuisCharlie. Diogo notou que, no Brasil, o hashtag curiosamente não conseguia emplacar. Em vez de discutir sobre os atentados em Paris, os brasileiros preferiam discutir sobre Anitta. Diogo perguntou a Mario quem era Anitta. Mario não soube responder. Diogo e Mario observaram que o fenômeno se repetiu no dia seguinte, e um dia depois daquele. O Antagonista, a partir de agora, terá uma nova seção: o hashtag do dia. Olavo Setúbal dizia que havia uma divisão entre o mundo real e o mundo de Clóvis Rossi. Nós achamos que há um terceiro mundo, ainda mais exótico do que o de Clóvis Rossi – o mundo de Anitta. Nosso empenho será apresentar esse mundo aos nossos leitores, fazendo um breve – brevíssimo – perfil diário dos campeões dos hashtags. Neste instante, Anitta está de volta ao topo, com o hashtag muito malcriado #AnittaTenhoNojoDaTuaCara. A Wikipédia informa que ela, na verdade, se chama Larissa, mas adotou o nome Anitta depois de assistir a uma série de TV sobre Anita Garibaldi. O segundo T foi acrescentado por seu produtor, Batutinha. Em 2013, depois de fazer um curso de contabilidade numa escola técnica na Tijuca e de estagiar na Vale do Rio Doce, Anitta conquistou o sucesso com as músicas “Meiga e Abusada” e “Blá-blá-blá”, que fazia parte de um disco provisoriamente intitulado “Fantástico Mundo de Anitta”. O que dizer? Sejam bem-vindos ao seu mundo.


Ô, Ô, Ô, Anitta é um terror…

Faça o primeiro comentário