Filho adotivo diz que Flordelis foi “mentora intelectual” de assassinato

Em depoimento a policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo ao qual o Extra teve acesso, Wagner Andrade Pimenta, conhecido como Misael, um dos filhos adotivos de Flordelis e Anderson do Carmo, disse que a mãe foi “mentora intelectual” da morte do pastor.

O relato de Misael foi feito em 18 de junho, dois dias após o assassinato de Anderson.

Segundo o jornal, outros três filhos adotivos de Flordelis — Luan Santos, Kelly Cristina dos Santos e Roberta Santos — também comprometeram a mãe em seus depoimentos.

Misael também teria dito à polícia que Flordelis suspeitava que Anderson estivesse “dando a volta nela com relação a dinheiro”.

Em nota, a deputada negou as acusações feitas pelo filho adotivo — classificadas por ela como “mentira”.

Aliança Toffoli-Bolsonaro: Lava Jato deve ser maior prejudicada. LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Roberto disse:

    SW1hZ2lubyBhcXVpIHNlIGEgbm9icmUgZGVwdXRhZGEgcXVlIHRpdmVzc2UgbW9ycmlkbyBhIG1hbmRvIGRvIHBhc3Rvci4uLg==

    1. QSBjdWx0dXJhIGRvIFJKIGZvaSB0b2RhIGRlZ3JhZGFkYSBhbyBwb250byBkZSBhY2hhcmVtIHF1ZSBwb2RlbSBmYXplciBxdWFscXVlciBjb2lzYSBNRVNNTyEhISBO428gaW1wb3J0YW5kbyBuYWRhISEhIEZsb3JkZWxpeiBmYXogcGFydGUgZGVzc2EgZGVncmFkYefjbyBjdWx0dXJhbCBlIG1vcmFsIGRvIFJK

Ler comentários