Francisco anula decisão de João Paulo II. O papa pode ir contra um santo?

Telegram

Em 1983, o padre nicaraguense Ernesto Cardenal levou uma bronca pessoal e pública de João Paulo II, por apoiar os sandinistas. O papa polonês o chamou às falas quando desembarcou para visitar a Nicarágua. O padre-poeta, como é conhecido, foi proibido de administrar sacramentos em 1984.

O papa Francisco anulou a decisão de João Paulo II.

Pergunta: um papa pode ir contra um santo?

Seu patrimônio e sua aposentadoria estão ameaçados. SAIBA MAIS AQUI

 

 

Comentários

  • Marcio -

    Além de defensor de comunista e de veado, esse papa não chupa direito os colhões de Jesus. Trata-se de um FDP.

  • Jeferson -

    Ora, se o papa é infalível em seus decretos na cátedra de São Pedro, como explicar que um papa comunista (Francisco) possa invalidar os decretos de um papa anticomunista (João Paulo II)?

  • Marcio -

    Para concluir: quando escreverem sobre a Igreja, procurem o Felipe Moura Brasil, pelo menos ele entende do assunto mais que todos vocês juntos. Aproveitem, afinal, ele é da Equipe de vocês...

Ler 234 comentários