ACESSE

Ignorando decreto de Crivella, igrejas católicas no Rio continuarão fechadas

Telegram

Acompanhe nossas notícias também pelo Google Notícias.

Acesse nossa página no serviço de notícias do Google e clique em SEGUIR ou no ícone

Na última segunda-feira, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, publicou decreto autorizando o funcionamento de templos religiosos de qualquer natureza em meio à pandemia da Covid-19.

As igrejas católicas, porém, continuarão fechadas.

Em comunicado enviado a todos os padres da capital fluminense — ao qual O Antagonista teve acesso –, dom Juarez Delorto Secco, um dos bispos auxiliares do Rio, disse que “a abertura das paróquias e capelas acontecerá quando houver um controle efetivo da doença”.

Por enquanto, acrescentou o bispo, “os fiéis continuarão com a assistência espiritual”.

Ainda segundo o religioso, a Igreja Católica no Rio está preparando orientações “para higienização dos templos e irá capacitar pessoas que orientarão os fiéis nas diversas atividades religiosas”.

Leia também: Lições da gripe espanhola de 1918 para hoje a pandemia de hoje

Comentários

  • Rafael -

    Outro patamar de sensatez e responsabilidade, com as ressalvas pertinentes , contudo.

  • Maria -

    Que beleza, a igreja Católica apoiando a Ciência! As outras preocupadas com o faturamento!

  • Carmen -

    Parabéns à igreja catolica

Ler 38 comentários