Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Jairinho e mãe de Henry são indiciados por homicídio duplamente qualificado

Jairinho e mãe de Henry são indiciados por homicídio duplamente qualificado
Foto: Reprodução/Redes sociais

O delegado Henrique Damasceno, titular da 16.ª DP da Barra da Tijuca, no Rio, concluiu nesta segunda-feira (3) o relatório do inquérito que apura a morte do menino Henry Borel, de 4 anos, registra O Globo.

No relatório são indiciados a mãe de Henry, Monique Medeiros, e seu padrasto, o vereador Dr. Jairinho, pelo crime de homicídio duplamente qualificado do menino. Damasceno também pediu a conversão da prisão temporária do casal em preventiva.

Os documentos estão sendo encaminhados ao promotor Marcos Kac, do MP-RJ, que deverá oferecer denúncia à juíza Elizabeth Louro Machado, titular do 2ª Tribunal do Júri, nos próximos dias.

Segundo as investigações, Henry morreu no começo de março devido a lesões internas que não são compatíveis com as de uma queda da cama, como Jairinho e Monique alegaram, mas sim com agressões.

O vereador, cujo pedido de cassação está sendo analisado hoje na Câmara do Rio, já havia sido indiciado por supostas agressões e tortura à filha de uma outra ex-namorada, quando a menina tinha entre três e cinco anos.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO