Juíza manda Doria devolver apostilas recolhidas

O Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu liminar anulando o ato de João Doria que recolheu apostilas da rede pública estadual, registra o Estadão.

Na ocasião do recolhimento, o governador paulista afirmou que o material didático, destinado aos alunos do 8º ano do ensino fundamental, fazia apologia ao que chama de ideologia de gênero.

A decisão da juíza Paula Vasconcelos Navarro deu à gestão Doria 48 horas para devolver as apostilas. Procurado, o governo do estado não se manifestou.

Comentários

  • ana -

    Imagina só, Sarcástico! Quem pediu a liminar foram professores universitários! E as apostilas são do 8º grau do ensino fundamental! É a esquerda dominando a Educação do país!

  • ana -

    E aí? Estão vendo? Isso não é democracia. É ditadura do Judiciário. Carlos Bolsonaro está certíssimo!

  • ANDRE -

    Ideologia de gênero é tese de lunáticos... ou será de depravados... não sei... mas estão assassinando a biologia, genética, fisiologia, etc...

Ler 65 comentários