Justiça determina intervenção do MEC no comando da Universidade Brasil

A 1ª Vara Federal de Sales (SP) reiterou determinação para intervenção do MEC na gestão da Universidade Brasil. A pasta deve escolher novos administradores para a instituição de ensino no prazo de cinco dias.

O juiz Bruno Valentim Barbosa concedeu a liminar no âmbito de ação civil pública ligada à Operação Vagatomia, que investigou venda de vagas no curso de medicina e fraudes no Fies e no ProUni. A ordem de intervenção já havia sido proferida em setembro de 2019, mas o MEC não a cumpriu.

Em nota, a Universidade Brasil informou que em razão do afastamento de Adib Abdouni, assumirá a reitoria o professor Carlos Antonio da Silva, delegado aposentado da Polícia Federal.

“O objetivo da administração permanece convergente com o das autoridades em apurar eventuais desvios e/ou irregularidades praticadas no passado em detrimento da instituição, aduzindo que eventuais dissonâncias pretéritas serão incansavelmente corrigidas, até suas últimas consequências”, afirmou a instituição.

Leia a reportagem da Crusoé:

Justiça determina intervenção do MEC no comando da Universidade Brasil

Comentários

  • Fernando.W -

  • AUGUSTO -

    O demiurgo "nine fingers" criou esses montrengos apenas para ter mais seguidores petralhas, qualidade que é bom......passa longe!!!! Somente a "anta" inaugurou umas vinte aqui pelo Nordeste.

  • tico-tico -

    A Unibrasil foi iniciada com vermelhos provenientes da Universidade Federal do Paraná.

Ler 9 comentários