ACESSE

Justiça indeniza em R$ 150 mil índios vítimas de agrotóxicos

Telegram

A Comunidade Indígena Tey Jusu, em Mato Grosso do Sul, deve se tornar a primeira do estado a receber indenização por ser vítima da aplicação irregular de agrotóxicos.

O juiz Rubens Petrucci Junior condenou um proprietário rural, um piloto agrícola e a Vale Cooperativa Agroindustrial ao pagamento de R$ 150 mil ao grupo. Segundo a comunidade, em 2015, as casas de sete famílias foram atingidas por agrotóxicos.

Leia na Crusoé:

Justiça fixa indenização de R$ 150 mil à comunidade indígena vítima de agrotóxicos

Duas investigações em andamento podem tirar Renan Calheiros da zona de conforto. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler comentários